Shutterstock 535209325

Quais os princípios gerais de tratamento de feridas?

Segundo Fowler (1990), a ferida crônica é definida como uma lesão constante e recorrente que ocorre de forma contínua no organismo das pessoas. Geralmente chamadas de lesões crônicas, possuem tratamento médico que tem por base os princípios gerais para o tratamento de feridas, tema do post de hoje.

Quando estamos falando em termos de feridas crônicas, temos que esse tipo de problema se mostra como um enorme desafio para os médicos e profissionais de saúde envolvidos de alguma forma no tratamento de feridas. Dessa forma, precisam recorrer a uma série de fundamentos para realizar de forma adequada a limpeza e cuidado das áreas afetadas, para uma pronta recuperação do paciente.  

Por que se deve adotar os princípios gerais para tratamento de feridas?

Como apresentado anteriormente, quando falamos em tratamento de feridas, estamos nos referindo a tratar determinada lesão crônica, que causa muita dor e, em alguns casos, pode inclusive impossibilitar de andar, como temos o caso de artrite proveniente da psoríase que, em alguns casos, pode levar à incapacitação.

Assim, é preciso que o paciente atente a esses fundamentos gerais para o tratamento de feridas, que são algumas bases consideradas como de vital importância para que o paciente tenha uma boa relação custo-benefício ao desenvolver determinado tipo de cuidado para alívio de suas dores.

Falando de forma mais direcionada ao médico, ao adotar determinado tratamento de feridas esse profissional deve antes e acima de tudo fazer um diagnóstico adequado do tratamento necessário resultado eficaz, o qual somente é possível por meio da aplicação dos princípios gerais de tratamento de feridas, uma série de recomendações médicas que devem ser adotadas de modo a garantir a eficiência correta para dar suporte a um portador de doença crônica decorrente de suas lesões.

Quais seriam os princípios gerais do tratamento de feridas?

Vamos oferecer ao leitor alguns princípios que devem ser tidos como base para aplicação de tratamento de feridas eficiente e, ao mesmo tempo, capaz de servir para melhorar estado de saúde  ao paciente. Vejamos então alguns dos princípios aos quais se deve seguir para que seja feito o tratamento de feridas da melhor forma possível:

1-Nutrição

Um dos grandes problemas para o correto tratamento de feridas está basicamente na questão do processo de nutrição. Grande parte do agravamento das feridas está diretamente associado a processos de desnutrição, associados à má alimentação por parte do paciente; portanto, vale como dica ao especialista que for se dedicar ao tratamento de feridas: faça uma avaliação inicial de como está a alimentação do paciente, se possível, com apoio de um nutricionista.  A má alimentação deixa o processo de cicatrização bem mais lento e complexo;

2- Diabetes

É considerado como um fator de risco e que implica na questão do agravamento do estado de saúde do paciente – repercutindo no tratamento de feridas – , por isso, vale como dica pacientes: passem a fazer o controle da glicose no sangue de forma contínua , pois o diabetes pode comprometer e muito no tratamento;

3- Presença de infecções

É de fundamental importância que, ao fazer o tratamento para feridas, se procure aplicar, associado ao tratamento nutricional e ao controle do diabetes, um tratamento preventivo contra infecções que podem vir a agravar, e muito, o estado clínico do paciente, trazendo uma série de complicações no quadro clínico de tal indivíduo;

4-Espasmos e contraturas

A presença de espasmos e contraturas pode afetar o tratamento de úlceras por pressão, como são conhecidas as lesões crônicas. Por isso, uma das recomendações que é fortemente indicada é a aplicação de um tratamento contra espasmos e contraturas, se possível com apoio de massoterapeuta para o caso de o paciente apresentar um quadro leve de espasmos e contraturas e de um fisioterapeuta para acompanhar e tratar casos mais graves; Além disso, é preciso que o médico também tome cuidado de receitar pomadas e medicamentos que atuem este tipo de ocorrência que pode afetar o tratamento para feridas.

5-Aplicação de tratamento de alívio de pressão

As úlceras de pressão são causadas pela ausência do fluxo sanguíneo. Como tal, devem ser observadas pelo médico por meio de um exame clínico e quando forem detectadas recomenda-se como princípio no tratamento de feridas que se faça um alívio de tal, pressão por meio de um método próprio.

O alívio de úlceras de pressão, pode ser feito até mesmo pelo próprio paciente, por meio de uma massagem no local no qual a úlcera ocorre e estar, dessa forma, ter um bom tratamento de feridas, aliviando a pressão e controlando a ocorrência desse tipo de lesão em seu organismo. É muito importante que o médico indique, durante o tratamento de ferida esse método como forma para proporcionar um alívio das dores a dor causadas por esta e lesão e evitar avanços para lesões graves ou médias.

O que mais se pode fazer para o tratamento de feridas?

Além de seguir esses princípios gerais, fundamentais para o tratamento de forma correta das úlceras de pressão ou feridas é preciso que se tenha um diagnóstico médico que seja correto e preciso. Para tal, o cuidado com o processo de diagnostico que deve ser tomado pelo médico é de vital importância para o tratamento de feridas.

As causas das chamadas úlceras de pressão, são causas tida como desconhecidas, mas, segundo especialistas, estão associadas, geralmente, a algum tipo de doença crônica, como por exemplo o diabetes que faz com que as pessoas desenvolvam mais facilmente esse tipo de lesão.

Por fim, como forma de concluir este nosso estudo sobre tratamento de feridas sugerimos como prática por parte do paciente, que ele procure o quanto antes um tratamento, até mesmo para evitar que esse problema que é pequeno vire uma grande lesão e cause maiores transtornos a vida do paciente e tenha que se radicalizar o tratamento deste tipo de problema de saúde.
E você? Como conduz tratamento de feridas